Aquaplanagem: o que é e como evitá-la?

4 minutos para ler

Dirigir na chuva traz sempre perigos a mais, que vão desde a baixa visibilidade até o risco de aquaplanagem. É claro que os acidentes de trânsito podem ocorrer a qualquer momento, independentemente das condições climáticas, mas também é fato que a chuva exige dos motoristas uma atenção redobrada.

Isso acontece, principalmente, porque, em uma fração de segundos, o condutor pode perder o controle do veículo em uma pista escorregadia ou não enxergar algo que está bem à sua frente, como um obstáculo, um buraco ou, até mesmo, um outro carro.

Neste texto, vamos nos aprofundar sobre a aquaplanagem, explicando por que ela ocorre e o que fazer para evitá-la. Acompanhe!

O que é a aquaplanagem?

Trata-se de um fenômeno que ocorre quando um carro passa pelo asfalto molhado e perde o atrito com o chão, deslizando por poucos segundos. Nesse momento, até mesmo o motorista mais experiente perde o controle do veículo — justamente porque não há nada que possa ser feito.

Quando o veículo passa pela poças, ele perde o contato com o solo por causa dessa camada de água abaixo dos pneus. Mas se o carro e os pneus estiverem funcionando corretamente, o evento, como dissemos, durará por apenas alguns segundos, pois a compressão da banda de rodagem vai romper essa onda de água.

Mas lembre-se: esses poucos segundos sem o controle do automóvel são mais do que suficientes para causar um grave acidente.

O que é possível fazer para evitar a aquaplanagem?

Como você viu, a pressão que o pneu exerce sobre a água que está abaixo dele é fundamental para que ele consiga empurrá-la, pondo fim à aquaplanagem.

Por isso, uma das atitudes que você pode (e deve!) ter para evitar essa situação é manter os pneus calibrados de forma correta e constante. Na verdade, todo o cuidado com os pneus é fundamental para que você não tenha problemas mais sérios.

Ficar atento ao estado de conservação dos seus itens também é fundamental para garantir uma maior estabilidade do carro em todos os momentos, inclusive na aquaplanagem. Isso porque é por meio dos sulcos dos pneus que a água vai escoar, evitando o deslizamento.

Como agir se ocorrer uma aquaplanagem?

Mesmo tomando todos os cuidados e mantendo os pneus do seu carro bem conservados, a aquaplanagem ainda pode acontecer. Então, saiba o que fazer nesse momento, sem desespero:

  • mantenha as mãos firmes no volante e pare de acelerar;
  • se os freios forem ABS, pise suavemente;
  • ao sentir que o carro está em contato com o solo de novo, gire lentamente a direção para os lados, certificando-se do seu controle.

Além da aquaplanagem, vários outros perigos do trânsito aumentam, consideravelmente, em dias de chuva. Por isso, não deixe de ter alguns cuidados extras, como:

  • na dúvida, pare o carro e espera a chuva passar;
  • faça o possível para melhorar a visibilidade, como desembaçar os vidros, acender os faróis (mesmo de dia), usar os faróis de neblina à noite, guiar-se pelas linhas e tachões refletivos, manter uma boa distância do veículo da frente, ser prudente ao frear, dirigir em rotação mais alta etc.;
  • como ação preventiva, além de manter-se atento à conservação dos pneus, tenha sempre em bom estado as luzes dos faróis e o limpador de para-brisa.

A aquaplanagem é um evento tão inesperado quanto assustador, mas a melhor forma de minimizar os acidentes é manter o seu carro sempre em boas condições e praticar a direção segura e defensiva — não apenas na chuva, mas sempre!

Esperamos que este conteúdo tenha ajudado você! Agora, conte para nós a sua experiência em dias de chuva: já passou por uma aquaplanagem ou algum outro problema? Vamos dividir experiências!

Você também pode gostar

Deixe um comentário