Buraco na rua: quais danos pode causar ao veículo?

4 minutos para ler

É difícil encontrar um motorista que nunca tenha encarado algum buraco na rua ao dirigir. Isso porque, mesmo que as condições das vias tenham melhorado bastante ao longo dos anos, não é raro encontrar trechos esburacados em, praticamente, qualquer cidade.

O detalhe é que aquilo que parece representar apenas um susto ou desconforto na direção, para alguns, pode na verdade causar uma série de danos aos veículos. Por isso, elaboramos este post para explicar por que os buracos são grandes vilões da conservação do seu carro!

Os danos mais comuns causados por um buraco na rua

Quando passamos por um buraco, o impacto é sentido por toda a estrutura do carro — o que acontece de forma mais intensa se o sistema de suspensão não estiver em boas condições. Por isso, os danos podem ocorrer em vários componentes, em muitos casos, até como uma espécie de reação em cadeia.

Separamos a seguir os problemas mais comuns que buracos podem causar no veículo.

Danos na suspensão

Principal responsável por absorver os choques quando passamos por buracos, o sistema de suspensão é também um dos mais afetados por eles. Os movimentos bruscos gerados nessa hora aceleram bastante o desgaste dos seus componentes, como buchas, braços, rolamentos e bandejas, o que pode ocasionar folgas e empenamentos.

Em casos mais graves, a suspensão pode até ser danificada definitivamente, fazendo com que o fluido dos amortecedores vaze e os componentes percam sua eficiência. Isso acaba por comprometer a estabilidade do veículo, representando um grande risco à segurança — e prejuízo para o bolso, já que o custo de reparo costuma ser alto.

Desgaste de rodas e pneus

Os pneus estão em contato direto com o terreno, logo, é natural é que eles também sintam os impactos dos buracos nas vias. Choques mais graves podem causar deformidades na sua estrutura, como bolhas e rachaduras. Nesses casos, o pneu deve ser substituído rapidamente, pois se torna instável e frágil, podendo esvaziar ou até estourar em pleno uso.

Com as rodas não é diferente, já que elas trabalham em conjunto com os pneus. Impactos mais intensos podem amassá-las, resultando em uma rotação irregular e desbalanceada. As consequências desses problemas são menos estabilidade e segurança, especialmente quando o veículo desenvolve maiores velocidades.

Desalinhamento da direção

Se o veículo começar a “puxar” para um dos lados ou apresentar trepidações após passar em um buraco, é provável que o seu alinhamento precise ser ajustado. Isso acontece porque os impactos alteram o correto posicionamento das rodas e do sistema de suspensão, tornando a direção mais difícil.

Além do desafio para manter o carro em linha reta, o desalinhamento aumenta o desgaste dos pneus e o consumo de combustível. Lembre-se de que essa é uma manutenção rápida e barata, que vale muito mais a pena do que lidar com os problemas maiores que podem surgir se o cuidado for ignorado.

A importância de evitar os buracos

Bom, já ficou claro que os danos causados pelos buracos nas vias podem causar muita dor de cabeça aos motoristas, não é mesmo? O ideal, portanto, é programar o seu caminho para evitar os trechos mais acidentados e garantir uma direção segura e confortável.

Quando for inevitável encarar os buracos, o melhor a fazer é reduzir a velocidade de forma gradual, assim que você visualizá-los, para diminuir o seu impacto. Frear bruscamente faz com a energia do movimento se acumule nas rodas, tornando o choque ainda mais forte. Outra boa dica é manter os pneus sempre calibrados, pois isso reduz risco de eles serem danificados.

Por fim, não se esqueça de que ter em seu carro peças resistentes e de boa qualidade também é fundamental para aumentar a sua segurança, em qualquer situação! Seguindo todas essas dicas, os danos causados por um buraco na rua se tornam menores — e você dirige com muito mais tranquilidade.

Então, gostou da leitura? Agora, se quiser dividi-la com os amigos e mostrar a todo mundo que você é um ótimo motorista, basta compartilhar este post em suas redes sociais!

Você também pode gostar

Deixe um comentário