Pneus importados são bons? Confira tudo sobre a escolha de pneus

4 minutos para ler

Afinal, será que pneus importados são bons? Essa dúvida surge à mente da maioria das pessoas na hora de trocar esse elemento de seus carros. Os pneus importados geralmente possuem preços inferiores se comparados às grandes marcas que temos no Brasil.

Diante desse fato, muitas pessoas acabam ficando com certo receio na hora de adquiri-los. Afinal, no Brasil existe uma cultura que afirma que um produto que é mais barato tende a ter uma qualidade ruim.

Pensando nessa dúvida, nós resolvemos escrever este artigo. Nele, mostraremos tudo o que você precisa saber sobre os pneus importados que estão cada vez mais presentes na vida dos brasileiros. Acompanhe!

Qualidade dos pneus importados

Inicialmente, devemos destacar a questão da qualidade dos pneus importados . Os mesmos não perdem nada em qualidade a um pneu nacional , o que se torna mais relevante para avaliarmos não é a nacionalidade ou o preço do pneu e sim os índices que o mesmo possui, como índice de velocidade, carga, tração e temperatura, treadwear, esses índices são mais importantes ainda que os que aparecem nas etiquetas dos pneus e muitas vezes em pneus importados temos índices superiores aos de pneus nacionais. Outro índice que pode se levar em conta no momento da compra é o das etiquetas. Também devemos destacar que os pneus importados comercializados no Brasil tem total qualidade e são certificados pelo INMETRO. Portanto os pneus importados atendem perfeitamente às demandas do mercado brasileiro.

Durabilidade

Algumas marcas podem remover da receita de seus pneus alguns elementos nobres que favorecem a durabilidade e influenciam no consumo do carro. Assim, as carcaças deles podem ser menos robustas e com indicadores de carga e velocidade menores. Mas nada disso é feito para prejudicar o consumidor! Muito pelo contrário, a pessoa que opta por esses pneus consegue utilizar seu veículo de forma normal. Portanto ao comprar seu pneu seja importado ou nacional essas informações podem ser verificadas, pois novamente é importante reforçar o que torna um pneu melhor ou pior não é a nacionalidade ou local onde o mesmo é produzido e sim os índices que o mesmo possui assim como seu material de composição.

Vale ressaltar que as informações sobre os materiais utilizados devem aparecer na etiqueta do Inmetro, que é fixada na banda do pneu novo. Nesse contexto, a decisão é totalmente do cliente.

Custo-benefício

Por fim, temos a questão do custo-benefício. Esse, sem dúvidas, é o que faz os pneus importados estarem massacrando, em termos de vendas, outros que são mais conhecidos, ou seja, os de marca nacional.

Isso significa que, o consumidor esta entendendo que apenas uma marca com nome mais conhecido ou mais forte no mercado não é suficiente para que um pneu seja extremamente mais caro a outro produto similar ou até superior porem de marca desconhecida. Nesse contexto, o proprietário de veículo consegue ter o mesmo nível de desempenho em seu carro pagando um preço consideravelmente menor.

Entretanto, independentemente desse fato, é fundamental que você avalie a marca que você vai adquirir e analise a opinião de outras pessoas que já a utilizam. Dessa forma, é possível evitar cometer erros na hora de comprar seu pneu e acabar comprando um produto inadequado ao seu uso ou suas expectativas.

Agora você já deve ter a resposta para a pergunta: pneus importados são bons? Sendo assim, já consegue tomar uma decisão mais adequada sobre a compra desses itens e terá mais tranquilidade na hora de trocar os do seu carro, podendo adquirir um conjunto fabricado por marcas internacionais.

Você sabia que é possível fazer isso pela internet? Sim, hoje já existem empresas especializadas nesse tipo de comercialização. Para entender como funciona, confira o nosso artigo sobre como comprar pneus online.

Você também pode gostar

Deixe um comentário